Quem sou eu

Minha foto
Sociologist by the University of Haifa, specialized in approaches for the gates of knowledge improving communication between Jews and non-Jews. This is an open way to communicate with Jews from Israel, USA, Canada, Europe or those who live in Latin American countries but do not speak Portuguese (in Brazil) or Spanish (all other countries besides Guianas)

Elul & Hachnassat Kallah




                                                            Bs”d

Caros amigos,

Neste Shabat estaremos entrando no mês de Elul, um dos meses mais especiais do ano. Nossos Sábios nos indicam que as iniciais do verso אני לדודיודודי לי - Ani LeDodi VeDodi Li – Eu sou para a minha amada e minha amada é para mim, correspondentes ao mês de Elul são a lembrança deste relacionamento de amor que temos com Hashem. Nos astros, o mazal deste mês Betulah – Virgem, nos remete á antecipação e preparação de uma noiva deste dia tão esperado que é o dia de seu casamento.

Atualmente, uma família grande aqui em Eretz Israel, que Baruch Hashem também estará casando o seu terceiro filho, está nesta fase de preparação. No entanto, eles não tem as mínimas condições econômicas de tornar este dia tão esperado nesta data de alegria que deveria ser. Por isto venho pedir a todos aqueles que gostariam de participar desta Mitzvah de Hachnassat Kalah, uma forma de ajudar a construir um Bayit Neeman BeIsrael – um lar Judaico verdadeiro, que ajudem a tornar esta data uma data de alegria verdadeira. Posso testemunhar sobre a integridade da família, a sua dedicação ás necessidades da Comunidade e de transmitir a importância de viver uma vida de Torah e Mitzvot, assim como a veracidade e importância desta bela Mitzvah.

Além deste ser um mês decisivo, Beezrat Hashem, nas nossas preparações para Rosh Hashanah onde nos esforçamos para cumprir a Mitzvah de Tzedakah e alterar nossos decretos para o bem, também aqui praticamos o traço de Rachamim.  Como consta na obra Tomer Devorah que ao invocar os treze atributos de Rachamim nas rezas de Selichot, não somente deveríamos dizê-los mas também exercê-los como a Torah nos orienta Vehalachta BeDrachav – Caminharás nos caminhos de Hashem: assim como Ele é misericordioso, também sejas misericordioso.

A todos os interessados na oportunidade de cumprir esta Mitzvah e iniciar com méritos este mês de Rachamim, o depósito pode ser feito na seguinte conta:                                                   
Banco Itaú  -   Agencia 0428 -  Conta Corrente: 43903-8  (Isaac Benroubi) (favor depositar o valor com 18 centavos no final , como por exemplo 100,18 para facilitar a identificação)

Que possamos todos merecer ser inscritos para uma Shanah Tovah uMetukahe merecer ver a Geulah em Yerushalayim beRachamim.

Chodesh Tov,
Yitzchak Benroubi


Rio de Janeiro - 'O que é Judaísmo?' com o escritor Paulinho Rosenbaum

Rio de Janeiro - 'O que é Judaísmo?' com o escritor Paulinho Rosenbaum

Por Shirley M. Cavalcante (SMC)
 Paulinho Rosenbaum, é sociólogo pela Universidade de Haifa, em Israel, brasileiro com vivência de quase quinze anos no exterior e professor de Judaísmo desde 1985, Paulinho Rosenbaum une o que há de mais inovador e concreto à milenar Sabedoria Judaica, democratizando o conhecimento da fé, costumes e valores do povo judeu e de Israel.
Atuou como palestrante frente às plateias mais exigentes de Israel, Estados Unidos, Canadá e no Brasil de Norte a Sul.
O uso de sincretismos, licença poética e humor tornaram-se a sua marca registrada tanto na Música quanto na Literatura.
Criou o Tropicasher, Torá com Sabor Tropical em Toronto, quando percebeu que as pessoas precisavam algo mais do que o simples conhecimento para sentir empatia pela coisa Sagrada, neste caso a Torá Judaica e Seus 613 Mandamentos.
Suas obras costumam ser assinadas com um resumo deste versículo bíblico:
"É Deus quem me dá forças para triunfar" (Devarim – Deuteronômio, 8:18)
“...chegou o momento de escrever o primeiro de uma possível trilogia, com o intuito principal de abrir uma janela para dentro da Civilização Judaica. Estão todos convidados a dar uma espiadela fenestra adentro e deslumbra-se com aquilo que descobrirem. Nada aqui é ponto final e sempre haverá lugar para mais.”

Boa leitura!

Escritor Paulinho Rosenbaum, é um prazer contarmos com a sua participação na revista Divulga Escritor. Conte-nos, o que o motivou a escrever “O que é Judaísmo?”
Paulinho Rosenbaum - Shalom,
Comecei no ensino do Judaísmo na década de 80, fazendo dinâmicas de grupo e organizando debates em Israel. De lá para cá estudei em algumas Yeshivót (centro de estudos talmúdicos e rabínicos. Singular = Yeshivá) tanto em Israel como no Canadá onde me dediquei a maior parte do tempo ao estudo autodidata das fontes judaicas clássicas e ao ensino da Torá em Espanhol para imigrantes latino-americanos em Toronto. Mergulhar conhecimento religioso no bom humor judaico e na cultura brasileira deu forma ao “Tropicasher, Torá com Sabor Tropical”. O livro atual é o terceiro desta série, sob forma de perguntas e respostas.

 Apresente-nos a obra
 Paulinho Rosenbaum - “O que é Judaísmo?” é uma sinopse colhida de milhares de textos e comentários bíblicos e pós bíblicos sob a ótica judaica, não raro bem diferente da romano-laica.
Desde que começamos com o site www.tropicasher.com.br e os grupos de estudo nas redes sociais, o calhamaço de perguntas e questionamentos tem sido tão graúdo que chegou o momento de escrever o primeiro de uma possível trilogia, com o intuito principal de abrir uma janela para dentro da Civilização Judaica. Estão todos convidados a dar uma espiadela fenestra adentro e deslumbra-se com aquilo que descobrirem. Nada aqui é ponto final e sempre haverá lugar para mais.

Quais os principais objetivos a serem alcançados por meio da leitura desta obra literária?
Paulinho Rosenbaum - Nesta obra faço o possível para lograr o impossível: selecionar milênios de saber e prática ético-religiosa num livro básico e atual, profundo, mas de fácil leitura, que não tem a pretensão de responder todas as perguntas, mas que pode elucidar algumas. Na Era em que vivemos, temos o privilégio de poder acessar tanto conhecimento, de tantos lugares, no idioma que quisermos e tão rapidamente. Mas isso também nos obriga a ser concisos, seletivos e práticos.

O que mais chamou a sua atenção ao escrever o livro?
Paulinho Rosenbaum - O quanto o conhecimento judaico pode nos ajudar a abrandar dúvidas que nutrimos no nosso viver cotidiano, independentemente da nossa orientação religiosa. No Judaísmo a fé faz parte de um povo e não o contrário. Ser judeu é étnico, cultural, nacional e religioso. Você é judeu porque sua mãe é judia, mesmo sendo ateu. E você não é judeu se sua mãe não for judaica, mesmo que saiba falar hebraico, adore Israel e poste fotos bizarras nas redes sociais paramentado como judeu. Há judeus que praticam e os que não praticam, que praticam assim ou assado, que se identificam desta ou daquela forma como judeus. Nenhum judeu acha que segue uma religião, mas sente que faz parte de um povo. Achei legal colocar isto em forma de um livro do tipo “O que é...?”

Apresente-nos alguns tópicos do sumário
Paulinho Rosenbaum - Akarát Hatóv – Gratidão – a base do Judaísmo; Quem é o verdadeiro Cabalista?
Todo o Judaísmo num pé só; Quem não é judeu vai pro Céu? O karma no Judaísmo.

A quem indica leitura?
Paulinho Rosenbaum - Crianças e adultos que saibam ler.

Estás participando da Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro. Conte-nos onde, em que dia, horário, podemos encontrá-lo por lá.
Paulinho Rosenbaum - Bienal do Riocentro (Barra da Tijuca, 02/09/2019 à partir das 13h, estande da editora Autografia);
 Convite Bienal no Rio de Janeiro Paulinho Rosenbaum
Onde podemos comprar o seu livro?
 Paulinho Rosenbaum - Na própria Bienal do Riocentro (Barra da Tijuca, 02/09/2019 à partir das 13h, estande da editora Autografia); nos sites da principais livrarias e da editora Autografia, e pelos sites www.tropicasher.com.br  e www.oqueejudaismo.blogspot.com.br

Quais os seus principais projetos literários?
Paulinho Rosenbaum - O livro traz toda a listagem na última página mas podemos destacar a série Parashá Para Já (comentários da Torá no estilo Tropicasher) e logo mais teremos uma obra revolucionária de ensino da Cabala segundo suas fontes sagradas originais, mas com aquele saber tropical que o brasileiro gosta: A Cabala Tropical!

Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor o escritor Paulinho Rosenbaum. Agradecemos sua participação na Revista Divulga Escritor. Que mensagem você deixa para nossos leitores?
Paulinho Rosenbaum - Mais uma vez obrigado pela oportunidade. A mensagem que todos queremos receber é sempre a do amor. Tudo o que se faz com amor e com bom humor, aproxima corações e quebra barreiras, derruba estranhamentos e faz bem à saúde.
Este livro é apenas uma tênue iniciativa neste sentido.
Paulinho Rosenbaum

Divulga Escritor, unindo você ao mundo através da Literatura


Entrevista escritor Paulinho Rosenbaum

  1. Escritor Paulinho Rosenbaum, é um prazer contarmos com a sua participação na revista Divulga Escritor. Conte-nos, o que o motivou a escrever “O que é Judaísmo?”

Shalom,
Comecei no ensino do Judaísmo na década de 80, fazendo dinâmicas de grupo e organizando debates em Israel. De lá para cá estudei em algumas Yeshivót (centro de estudos talmúdicos e rabínicos. Plural = Yeshivá) tanto em Israel como no Canadá onde me dediquei a maior parte do tempo ao estudo autodidata das fontes judaicas clássicas e ao ensino da Torá em Espanhol para imigrantes latino-americanos em Toronto. Mergulhar conhecimento religioso no bom humor judaico e na cultura brasileira deu forma ao “Tropicasher, Torá com Sabor Tropical”. O livro atual é o terceiro desta série, sob forma de perguntas e respostas. 

  1. Apresente-nos a obra (sinopse)

“O que é Judaísmo?” é uma sinopse colhida de milhares de textos e comentários bíblicos e pós bíblicos sob a ótica judaica, não raro bem diferente da romano-laica.
Desde que começamos com o site www.tropicasher.com.br e os grupos de estudo nas redes sociais, o calhamaço de perguntas e questionamentos tem sido tão graúdo que chegou o momento de escrever o primeiro de uma possível trilogia, com o intuito principal de abrir uma janela para dentro da Civilização Judaica. Estão todos convidados a dar uma espiadela fenestra adentro e deslumbra-se com aquilo que descobrirem. Nada aqui é ponto final e sempre haverá lugar para mais.


  1. Quais os principais objetivos a serem alcançados por meio da leitura desta obra literária?

Nesta obra faço o possível para lograr o impossível: selecionar milênios de saber e prática ético-religiosa num livro básico e atual, profundo, mas de fácil leitura, que não tem a pretensão de responder todas as perguntas, mas que pode elucidar algumas. Na Era em que vivemos, temos o privilégio de poder acessar tanto conhecimento, de tantos lugares, no idioma que quisermos e tão rapidamente. Mas isso também nos obriga a ser concisos, seletivos e práticos.


  1. O que mais chamou a sua atenção ao escrever o livro?

O quanto o conhecimento judaico pode nos ajudar a abrandar dúvidas que nutrimos no nosso viver cotidiano, independentemente da nossa orientação religiosa. No Judaísmo a fé faz parte de um povo e não o contrário. Ser judeu é étnico, cultural, nacional e religioso. Você é judeu porque sua mãe é judia, mesmo sendo ateu. E você não é judeu se sua mãe não for judaica, mesmo que saiba falar hebraico, adore Israel e poste fotos bizarras nas redes sociais paramentado como judeu. Há judeus que praticam e os que não praticam, que praticam assim ou assado, que se identificam desta ou daquela forma como judeus. Nenhum judeu acha que segue uma religião, mas sente que faz parte de um povo. Achei legal colocar isto em forma de um livro do tipo “O que é...?”

  1. Apresente-nos alguns tópicos do sumário

Akarát Hatóv – Gratidão – a base do Judaísmo; Quem é o verdadeiro Cabalista?
Todo o Judaísmo num pé só; Quem não é judeu vai pro Céu? O karma no Judaísmo

  1. A quem indica leitura?
Crianças e adultos que saibam ler.

  1. Estás participando da Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro. Conte-nos onde, em que dia, horário, podemos encontrá-lo por lá.



  1. Onde podemos comprar o seu livro? (Podes deixar até 3 opções para compra).

Na própria Bienal do Riocentro (Barra da Tijuca, 02/09/2019 à partir das 13hs); nos sites da principais livrarias e da editora Autografia, e pelos sites www.tropicasher.com.br e www.oqueejudaismo.blogspot.com.br


  1. Quais os seus principais projetos literários?

O livro traz toda a listagem na última página mas podemos destacar a série Parashá Para Já (comentários da Torá no estilo Tropicasher) e logo mais teremos uma obra revolucionária de ensino da Cabala segundo suas fontes sagradas originais, mas com aquele saber tropical que o brasileiro gosta: A Cabala Tropical!

  1. Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista. Muito bom conhecer melhor o escritor Paulinho Rosenbaum. Agradecemos sua participação na Revista Divulga Escritor. Que mensagem você deixa para nossos leitores?

Mais uma vez obrigado pela oportunidade. A mensagem que todos queremos receber é sempre a do amor. Tudo o que se faz com amor e com bom humor, aproxima corações e quebra barreiras, derruba estranhamentos e faz bem à saúde.
Este livro é apenas uma tênue iniciativa neste sentido.

Paulinho Rosenbaum

Chegou o livro do blog!


Oração de Amor Gratuito / Rabino Shmuel Eliyahu, Shlita

Oração de Amor Gratuito / Rabino Shmuel Eliyahu, Shlita - Jerusalém ISRAEL

Nosso Pai, o Pai Misericordioso,
Você nos mandou ser sensíveis, felizes e amáveis.
Você nos proibiu de endurecer o coração e cerrar os punhos.

Nos mandou amar uns aos outros,
que nos regozijemos na alegria dos outros e que sintamos a sua dor,
e Você nos ensinou que essa mitsvá é o fundamento da Torá como um todo.

Por favor, Senhor, remova de nós o coração de pedra e nos dê um coração de carne,
retire de nós a indiferença, o desprezo e a estupidez para com nosso semelhante.

Cumpra em nós:"E vos dei uma nova alma e um novo espírito
e vos extraí o coração de pedra e em seu lugar vos pus um coração de carne" (Ezequiel 36),
assim como "e vos extraí o prepúcio do coração e não serais mais de dura cerviz" (Deuteronômio 10:15).

Por favor, Hashem, purifique nossos corações para que O sirvamos verdadeiramente.

Dê a nós um coração amplo, um coração limpo, como está escrito:
"Hashem me criou um coração puro e um espírito correto renovou dentro de mim"

Amén e amén.

Rabino Shmuel Eliyahu Shlita

 
Copyright © 2011. O que é Judaísmo? - All Rights Reserved
Templates: Mais Template
{ overflow-x: hidden; }